Black Friday 2016: a hora de se preparar é agora!

A sexta-feira de descontos deve vender mais de R$ 4 milhões este ano

Black Friday
Black Friday

A Black Friday 2016, que acontece no dia 25 de novembro, promete aquecer o varejo, depois de uma ano em que muitas lojas sofreram com a queda nas vendas, devido à recessão econômica. Segundo o portal BlackFriday.com.br, idealizador do evento no Brasil, a data deve movimentar R$ 2 bilhões.

 

A estimativa tem como base os dados gerados a partir do histórico das edições anteriores e o tráfego no portal. O valor representa um aumento de 34% em relação a 2015. A expectativa também é que o número de pedidos aumente 28% e ultrapasse os R$ 4 milhões de vendas.

 

O ticket médio também deve subir um pouco este ano, cerca de 5% se comparado com o ano passado, ultrapassando os R$ 500.  O BlackFriday.com.br acredita que o amadurecimento da data e relativa estabilização dos produtos mais procurados podem contribuir para o sucesso do evento. Quem atua no varejo deve ficar atento às intenções de compras. De acordo com o mapeamento, produtos com maior valor agregado e de desejo, como smartphones, televisores, notebooks e eletrodomésticos, serão os mais procurados.

 

Número de consumidores online também devem aumentar na Black Friday 2016
Uma pesquisa realizada pela Ebit, principal fonte de informações do comércio eletrônico, mostrou que houve aumento no interesse de consumidores online ativos pela Black Friday. De acordo com o estudo, 84% disseram que irão aproveitar a sexta-feira de descontos. O número é 3% a mais do que em 2015. Outro dado importante para os varejistas é que 44% das compras esperadas na Black Friday 2016 devem antecipar as compras para o Natal. Além disso, 59% são para uso próprio, 24% para familiares, 14% para presente e 3% com outras finalidades.

De acordo com a ABComm, a Criteo, multinacional de tecnologia, estima que  o faturamento gerado pela Black Friday, entre os dias 24 e 27 de novembro deve impulsionar em 24% as vendas do comércio eletrônico no segundo semestre deste ano, na comparação com 2015.

E-mail Marketing é a ação mais esperada pelos consumidores da Black Friday 2016
Quem vende eletrônicos em uma loja virtual deve ficar atento à principal forma de pagamento apontada pela pesquisa da Ebit: o cartão de crédito. Em seguida vêm boleto bancário (13,12%) e débito em conta (2,47%). O ticket médio da categoria do produto deverá ficar em torno de R$ 1.180. A  pesquisa da Ebit ainda mostrou que 85% dos consumidores esperam que as marcas entrem em contato com eles antes da data.  Já entre as ações de marketing digital esperadas, o E-mail Marketing é a melhor estratégia, haja vista que 87% dos entrevistas indicou o e-mail como o canal preferido para receber as promoção e descontos.

Entre os consumidores entrevistados, 41% aproveitaram alguma oferta da Black Friday no ano passado, sendo que 19% escolheram lojas físicas para efetuar a compra e 77% utilizaram algum site de comparação de preços. Os comerciantes que pretendem oferecer uma excelente experiência para o usuário em sua loja virtual devem ficar atentos aos detalhes pontuados pelos entrevistados. No levantamento, 37% afirmaram que o site onde fez a compra em 2015 era “confiável” e o termo “preços baixos” também foi citado por 26% dos consumidores, assim como “excelentes promoções” (23%), “excelente prazo de entrega” (22%) e “frete grátis” (21%).

 

Ver Original: http://www.guiase.com.br/black-friday-2016/

Fonte: Guia-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *