Marketing de Varejo: Entenda o que é

Marketing de varejo é a gama de atividades realizadas por um varejista para promover e vender produtos da sua loja. O marketing de varejo é diferente do marketing tradicional por causa dos componentes do comércio varejista, tais como a venda de produtos acabados em pequenas quantidades para o consumidor final, geralmente a partir de um local físico (a loja). O marketing de varejo faz uso dos princípios comuns do mix de marketing, tais como produto, preço, local e promoção. Um estudo sobre marketing do varejo a nível universitário inclui estratégias eficazes de merchandising, compras e comportamento do consumidor, branding e publicidade. O marketing de varejo é especialmente importante para os pequenos lojistas que tentam competir com grandes cadeias de lojas.

Produto

A pedra angular da definição de marketing de varejo é o produto. No ambiente varejista, a mercadoria é classificada de acordo com a categoria em que se enquadra. Estas categorias incluem bens duráveis como eletrodomésticos, móveis, produtos eletrônicos e equipamentos desportivos. Ainda, temos a classificação das comidas e bens macios ou consumíveis. Bens não duráveis ​​incluem vestuário, mobiliário, cosméticos, produtos de papel e outros artigos com um tempo de vida típico de três anos ou menos. Por exemplo, em um pequeno negócio de venda de artesanato, provavelmente todos os produtos serão de uma única categoria.

No quesito legal, são produtos não-duráveis aqueles que tem fim em si próprio. Um exemplo são as compras realizadas em supermercado, como pão, arroz, feijão, refrigerante, shampoo, queijo, papel higiênico, produtos de limpeza etc.

São produtos duráveis aqueles que não tem fim em si próprio. Alguns exemplos de bens duráveis são os tênis, bolsas, livros, tablets, celulares, computadores, televisões etc.
É importante ressaltar que existem discussões jurídicas sobre o conceito de bens duráveis e não duráveis, mas este não é o intuito deste artigo.

Especificamente, para o marketing de varejo, o produto influencia de várias maneiras. A exposição do produto na loja, a quantidade do mesmo (limitação/princípio da escassez) etc. Conforme artigo do site meuSucesso.com:

É uma oferta que deve ser definida levando em conta a orientação da empresa e as necessidades e desejos do público-alvo. Palavras-chave: Variedade; qualidade; design; marcas conceituadas; benefícios agregados; garantias. O processo de criação de um produto deve priorizar o benefício que o consumidor está adquirindo, qualidade em relação ao design, marca e embalagem.

Lugar

O lugar onde o marketing de varejo ocorre ajuda a definir o processo do mesmo. A operação de varejo pode ser baseada em uma loja ou não. A maioria das lojas brasileiras são pequenos varejos, atendidos e gerenciados pelos donos do negócio. A definição de marketing de varejo inclui os lugares onde ele ocorre, como no interior da loja, online e em pontos de venda. Isto também se aplica às operações de “não-loja”, como as vendas que ocorrem na casa do proprietário do negócio, por exemplo.

Se o marketing de varejo irá ocorrer dentro da loja, você deverá pensar na disposição dos produtos, na vitrine, na experiência do seu cliente desde a chegada até o pagamento, no pós-venda etc. Conforme artigo do site meuSucesso.com:

Para praticamente todos os tipos de negócio, este elemento é um dos mais vitais de todo o mix, pois funciona como ponte entre o produto e o consumidor. Palavras-chave: canais (PDV, web, fone etc.); fácil acesso; boa infraestrutura da localização; espaço agradável ao público-alvo.

Preço

O preço é um aspecto importante de qualquer estratégia de marketing de varejo. O preço da mercadoria ajuda a definir os métodos de marketing de varejo empregados, bem como o público-alvo, local de armazenamento e formato de varejo usado ​​para vendê-lo. A precificação no ambiente varejista é baseada no cumprimento de objetivos como cobrir o custo dos produtos vendidos e as despesas gerais, e de acordo com as quatro estratégias básicas de preços de varejo (preços baixos todos os dias, alta/baixa de preços, preços competitivos e preços psicológicos). Em um pequeno negócio varejista, como uma loja de venda de artesanatos, os preços podem ser puramente baseados no custo das vendas, porque os custos indiretos, se existem, são mínimos.

O preço poderá ser usado no marketing de varejo como arma de atração. Um exemplo são “produtos âncora” que tem o preço abaixo de mercado para atrair os consumidores. Este é um conceito muito utilizado em supermercados, eles baixam o valor da batata e você irá até lá para comprar batatas, mas no processo de compra irá levar uma série de outros produtos que estão com o preço normal. Conforme artigo do site meuSucesso.com:

Tem a função de gerar valor e, consequentemente, satisfazer (ou não) o cliente. Ao profissional de marketing cabe trabalhar o grau de satisfação com estratégias focadas na percepção do custo-benefício pelo cliente. Palavras-chave: descontos; concessões; bons prazos; condições de financiamento.
Promoção

O marketing de varejo depende muito do aspecto promocional do mix de marketing, como pode ser visto pela grande quantidade de anúncios impressos para bens de consumo como roupas, alimentos e móveis. As promoções acontecem tanto nos meios tradicionais, como televisão, imprensa, outdoors e rádio, como nos novos meios, como a Internet. A escolha dos canais promocionais é influenciada por fatores como competitividade, a margem de lucro sobre as vendas e o orçamento disponível para fins de promoção. Ainda, como disse o artigo já citado do meuSucesso.com:

Ferramenta que transforma o produto em um ativo comercializável. Este elemento tem uma espécie de mix próprio, que pode ir desde o anúncio no ponto de venda até a publicidade propriamente dita. Palavras-chave: Ação no ponto de vendas; publicidade; relações públicas; marketing direto.
O sucesso do marketing de varejo é definido pelo sucesso do negócio na venda de suas mercadorias. A promoção pode ser mais difícil para as pequenas empresas, por causa de seus orçamentos de publicidade mais limitados, mas a mídia social fornece um método de baixo custo de promoção.

Uma boa pedida é ter uma FanPage no Facebook e fazer a postagem de fotos dos seus produtos para o seu público alvo. Falaremos sobre isto mais tarde.

Fonte: https://blog.quantosobra.com.br/marketing-de-varejo-o-que-e-e-como-utilizar-para-aumentar-as-vendas-da-sua-loja/
Autor:  STÉFANO WILLIG

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *